Hoje o dia pediu isto...

22:32 A papaqueijo 0 Comments

0 queijinhos:

Publicidade da semana #6

14:24 A papaqueijo 0 Comments


Be woman!

0 queijinhos:

O bom dos almoços de Domingo

13:52 A papaqueijo 0 Comments

O momento em que o assado saí do forno e segue para a mesa, o cheiro e o calor que trás consigo é simplesmente delicioso.

A sobremesa de laranja feita momentos antes e saboreada lentamente sem pressas, sem correrias, sem horas marcadas, sem pensar que contém 10 ou 1000 calorias, porque simplesmente não interessa, faz com que o Domingo seja um dia bom.
Tigeladas de laranja - 2 ovos, 60g de açúcar, 50g de manteiga, 60g de farinha, um copo de leite, 2 colheres de licor de laranja e canela em pó. Tudo misturado vai em taças individuais ao forno ate estar cozido. Depois é decorar com a geleia de laranja et voilá!

0 queijinhos:

18:49 A papaqueijo 0 Comments

0 queijinhos:

Porque é fim-de-semana #8

13:09 A papaqueijo 0 Comments

[Porque o fim-de-semana pede uma lareira como esta - Pousada do Gerês Caniçada - Gerês]

0 queijinhos:

O combustível do trabalho

12:05 A papaqueijo 0 Comments

0 queijinhos:

E tudo o vento levou...

22:29 A papaqueijo 0 Comments

Literalmente.
Dizem que estão de volta os penteados do anos 70 e 80, cabelos apanhados, tretas. Na verdade são esperados vários dias como os de hoje, em que se saí de casa minimamente penteado e o vento dá o toque final.
Dizem que estes dias são óptimos para ficar "dentro" e ver a chuva cair, tretas. Bom seria puder sair à rua abraçada pelo calor do coração e caminhar na linha do mar de mãos dadas, acabar a tarde num banho quente à dois e ter à espera duas chávenas de chocolate junto à lareira.
Dizem que o som do vento é lindo quando estamos deitados numa manhã de inverno enrolados nos cobertores, tretas. Lindo é ter o sussurrar de alguém que amamos a dizendo-nos Bom dia!

0 queijinhos:

A culpa ainda não é do frio

23:29 A papaqueijo 0 Comments


Hoje apetece-me deitar na cama e ficar enroscadinha nos lençóis até não poder mais. Apenas porque sim. Apenas porque queria muito poder dar-me este miminho.

0 queijinhos:

Publicidades simplesmente parvas #2

23:15 A papaqueijo 0 Comments

Que raio de postura é aquela do PB? Que lhe fizeram aos braços? E puseram-lhe alguma vassoura...?

0 queijinhos:

Querias ir ver o mar/Mas levei-te a um bar

23:53 A papaqueijo 0 Comments

Se ao teu lado eu engasgo é pró teu bem
Pois se eu dissesse o que eu acho… bem…
O que eu tinha por não mentir
Era um estalo e um “deixa-me em paz”

0 queijinhos:

But go...

22:22 A papaqueijo 0 Comments

0 queijinhos:

Problema à vista...

15:58 A papaqueijo 0 Comments

Já estou na reserva e ainda falta tanto... Pressinto que vou precisar de um empurrão.

0 queijinhos:

Publicidade da semana #5

15:40 A papaqueijo 0 Comments

0 queijinhos:

Porque é fim-de-semana #7

11:53 A papaqueijo 0 Comments

Porque se situa numa região lindíssima e ideal para receber o frio e a chuva de Outono.

0 queijinhos:

A altura certa para parar

00:10 A papaqueijo 0 Comments

Quando se escreve um paragrafo, repete-se frases e não se entende uma única palavra.
Amanhã há mais.

0 queijinhos:

I dream of paradise

00:05 A papaqueijo 0 Comments

0 queijinhos:

Fim do mundo

22:51 A papaqueijo 0 Comments

Continuo à espera das 15h00.

0 queijinhos:

Portugal Fashion

22:26 A papaqueijo 0 Comments

Tenho para mim, que o Portugal Fashion não teve coragem de começar sem mim... Dado isto, aguardo por dias em que o tempo abunde em mim, a disposição me assista e a carga laboral seja assim para o devidamente doseada. Até então, nada de desfilar, sim? Preciso de reunir todas as condições para avaliar os criadores que por estas alturas sem passeiam em terras de francezinhas.

Tenho dito.

0 queijinhos:

30 dias!

22:04 A papaqueijo 0 Comments

Saber que desde hoje faltam apenas 30 dias, alivia e muito o peso do trabalho... está quase!

0 queijinhos:

Consulta do viajante

22:48 A papaqueijo 0 Comments

Vai uma pessoa perder uma manhã, lá para o tasco a que carinhosamente chamam de centro internacional de vacinação, cuja consulta marcada estava para as 9h00, mas na verdade às 10h00 ainda não vislumbrava o consultório médico, com o intuito de ir melhor preparada para aquilo a que com muito desejo denomina de FÉRIAS.
Ah e tal, foram 3 meses seguidos a chover (é o que dizem) lá por terras longínquas, ah e tal, com o calor é propricio a doenças esquisitas ah e tal é mais seguro. Pois então, toca lá de ir ver o que é que aqueles senhores doutores têm para me dizer.

Então eu fui e foi assim:

Papaqueijo - Vou viajar sim, Tailândia. Centro-norte, Centro e principalmente sul.
Sr.ª Doutora - Ora vem, então é assim: nada de comer legumes não cozinhados frutas e sumos naturais, água que não engarrafada fora de questão, gelo nem pensar, alimentos que não cozinhados menos de 30 minutos não, fruta, apenas após permanecerem 30 minutos em água engarrafada, depois lavada com gotas de lixívia e novamente passada por água engarrafada, nada de relações sexuais sem preservativo, fazer a manicura que não com os seus utensílios, nada de troca de seringas, longe de pessoas com sintomas de gripes, não pôr a mão à boca e ao nariz, após contacto com superfícies não desinfectadas, nada de sair à rua sem devidamente protegido por repelente de mosquitos (apenas são válidos os repelentes que contenham N-dietil-m-toluamida, não sei das quantas), dormir com mosquiteiro, proteger com roupa principalmente os braços e pernas. Não lavar os dentes com água da torneira e tomar banho, sempre de boca fechada.
Papaqueijo - [de boca-aberta e quase quase a dizer algo como, pode parar que já desisti de viajar, mas apenas disse] se fizer isto tudo, não corro riscos, certo?
Sr.ª Doutora - Todo o cuidado é pouco, já viu como era mau regressar de férias com paludismo, dengue, diarreia e morrer um mês depois?

Pronto foi assim. Dado isto, vou ali pensar, se realmente tenho interesse em viajar para um sítio onde não me posso deliciar na praia [sim, apenas de biquíni], beber muitos e muitos sumos naturais [muito muito frescos], sem a assombração da malária e outros assim, tomar banho e lavar os dentes sem pressão psicológica, não esperar duas horas para comer uma maça...

Vai viajar? Recomendo vivamente uma visita à consulta do viajante, certamente um serviço com o alto patrocínio do Turismo de Portugal.

0 queijinhos:

Publicidade da semana #4

23:43 A papaqueijo 0 Comments

video

0 queijinhos:

Reunião familiar, procura-se!

23:30 A papaqueijo 0 Comments

E se eu, passasse a reunir a famelga toda ao Domingo à noite, na sala, para assistirem à minha pesagem semanal? Ia ser para lá de muito engraçado, aí se ia.

0 queijinhos:

Rotina

22:22 A papaqueijo 0 Comments

rotina
(francês routine, de route, caminho)
s. f.
1. Caminho já trilhado ou sabido. = ROTINEIRA
2. Prática constante, em geral. = COSTUME, ROTINEIRA
3. Hábito de fazer uma coisa sempre do mesmo modo. = ROTINEIRA
4. Índole conservadora ou oposta ao progresso. = CONSERVADORISMOINOVAÇÃO
5. Sequência de instruções ou de etapas na realização de uma tarefa ou actividade.

Por muito que se faça ou não, por muito esforço ou nenhum, por muito bom ou não que seja, há sempre uma altura em que a véspera da segunda-feira chega, as horas para mais uma semana de trabalho aproximam-se. Podemos disfarçar, esconder, tapar os olhos, pensar com muita muita intensidade em algo bom, mas lá no fundo todos sabemos que o inevitável vai acontecer e que depois de uma noite, ela lá estará... a segunda-feira. E tudo re-começa. A desintoxicação de cafeína que é feita ao fim-de-semana, perde o efeito, o mau-humor que se evapora nestes dois dias, desce sobre nós, a vontade de ficar na cama e não ouvir o despertador tocar... bem essa é igual!
É assim todos os domingos à noite. Não vale a pena disfarçar. É a rotina.

0 queijinhos:

É domingo, certo?

19:03 A papaqueijo 0 Comments

Bora lá tornar este dia produtivo. Para tal, necessito de levantar o rabo do sofá, tomar um comprimido para a dor de cabeça (14 a 16 horas de sono, doí!), respirar fundo e ganhar coragem para equipar, depois, depois é só ir lá fora apanhar ar, diz que na patolândia se respira ar puro e recarrega energias... afinal de contas, diz que amanhã já é segunda-feira.

0 queijinhos:

Hoje o dia sabe-me a isto

16:06 A papaqueijo 0 Comments

0 queijinhos:

Sai de casa

15:23 A papaqueijo 0 Comments


Aproveita o dia, está sol. E isto, é mesmo ali ao lado!
Eu vou agora.

0 queijinhos:

Porque é fim-de-semana #6

15:10 A papaqueijo 0 Comments

Porque a vida, é para ser vivida.

[Hotel Sheraton - Porto]

0 queijinhos:

It's Friday!

22:04 A papaqueijo 0 Comments

Eu sei que há medidas de austeridade para discutir, há a problemática das trocas de estação do ano, há a crise dos vendedores de castanha, há o alerta de risco de incêndio espalhado por todo o país, há os dilúvios que não param na Tailândia, há a crise de palavras no futebol para avaliar. Mas hoje é sexta e como tal, informo que me encontro em processo de logoff...

[Cérebro em modo de hibernação... Modo de aparvalhar activo]

0 queijinhos:

Um dia

22:54 A papaqueijo 1 Comments

Perco a cabeça, largo tudo e monto uma lojinha para vender cupcakes e tea. E tenho a certeza que seria muito feliz, pasteleira, mas feliz.

[Fancy]

1 queijinhos:

Há desejos tão parvos....

22:39 A papaqueijo 0 Comments

Como este que me assola agora. Desejo que amanhã à ida para o trabalho se me fure um pneu, que o carro fique sem água ou outra dessas coisas habituais que deixam as viaturas de quatro piscas ligado numa qualquer berma da estrada a espera do reboque. É de uma tamanha estupidez este meu desejo, que agora pareço doida a bater em tudo o que é madeira em meu redor. Mas... É bem verdade que o meu papaqueijomóbil nunca me deixou na mão (um santo, aquela viatura), mas neste momento tudo vale para ter desculpas [válidas] para chegar suficientemente tarde amanhã.
E pronto, este é o meu desejo parvo do dia.

0 queijinhos: