Se fosse eu...

21:09 A papaqueijo 0 Comments


Hoje tenho uma espécie de aniversário. Na verdade vou pela conversa e pelo convívio, vou pela galhofa, uma vez que a possibilidade de passar completamente despercebida a aniversariante é para lá de muito grande. Mas também, a mesma, faz hoje 6 anos. Apenas 6 anos, mas já faz 6 anos.


É um misto de indecisão, entre o bom e mau, mais uma indignação contra o tempo, ainda ontem andei com ela ao colo e hoje já está a meros dias de entrar na escola.

Se até aqui era fácil comprar um presente, agora dou-me a pensar, no que é que uma miúda que faz 6 anos pede como presente de aniversário...

Possivelmente um telemóvel, um ipad, não sei, mas certamente não pede a casa da Barbie  uns nenucos. Apenas sei, que com 6 anos, eu não sabia o que eles sabem hoje, não queria as mesmas coisas que eles querem hoje. 

Isto está cada vez mais complicado, não sei se consigo acompanhar esta miudagem, não sei não.



0 queijinhos:

A ensaiar...

17:02 A papaqueijo 0 Comments

Estou a ensaiar para as férias... Ora vejamos se não me esqueço de nada: dormir, brunchar, esplanar, ler woman magazines, praiar....


0 queijinhos:

Papaqueijo a papar queijo!

22:35 A papaqueijo 0 Comments

Está uma noite agradável, que está, por isso, permitam-me iniciar o fim-de-semana a curtir: 

0 queijinhos:

Aqui trabalha-se:

15:00 A papaqueijo 0 Comments










Enquanto meio mundo se debate pelo primeiro a nascer: o ovo ou a galinha, os meus colegas debatem-se por quantas "galadelas" são necessárias para as galinhas porem ovos duas vezes por dia.


















* Parece parvo, mas estamos a estudar a eficiência de um aviário... E neste em especifico existem 100 galinhas para cada galo, dado que estas galinhas põem ovos todos os dias, a questão surgiu de forma natural.

0 queijinhos:

E a modos que hoje é isto:

08:50 A papaqueijo 0 Comments


0 queijinhos:

Férias à vista!

22:34 A papaqueijo 0 Comments


Numa altura em que o Facebook se enche de fotos com os pés na água, de paisagens azuis e com um cheiro a areia. Numa altura em que poucos são os que param por estas bandas, porque se encontram ausentes, fora ou simplesmente encerrados para férias. Custa. custa um bocado ficar aqui. Claro que custa. 

Por outro lado, saber que são poucas horas em que me lembro que o mundo está fechado para férias, pois na grande maioria, estou eu, na praia, a passear, a aproveitar os dias grandes e soalheiros, as noites agradáveis, é reconfortante. 

Mais ainda, se me lembrar que quando o mundo inteiro estiver em depressão pós-férias, quando esse mesmo mundo, tiver as fotos  verão 2013 gastas. Quando 2013 não lhes trazer mais dias de ferias. O Inverno e as noites grandes e frias estiverem à porta, eu estarei estendida, a deliciar-me com um sol tórrido, a minha auto-estima, a minha moral, a minha motivação, ultrapassa limites. 

Por isso, povo reles que gozais comigo, estejam à vontade, pois eu, também poderei em breve a usufruir dos meus dias de férias 2013 e de preferência o resquício que sobra dos dias de férias de 2012.

P.S. Assim de repente só tenho mesmo um bocadinho de inveja, mas é só mesmo um bocadinho, das amigas grávidas, que estão e estarão de férias. Mas só mesmo um bocadinho de inveja, porque depois lembro-me das fraldas com cocó e a inveja passa.

0 queijinhos:

E este fato da Pedro del Hierro, hein?

13:29 A papaqueijo 0 Comments


Giro, alguém se chega a frente para me oferecer? 

0 queijinhos:

Quinta-feira!!!

08:51 A papaqueijo 0 Comments


0 queijinhos:

Just do it!

23:06 A papaqueijo 0 Comments


E assim foi. Uma corridinha, nada de muito extenso, apenas 5 km, para abanar a quarta-feira. Mas como era para partir a loiça toda, foram só os 5km mais rápidos de todo o sempre, assim sendo, mais um record batido: 25:55 - 5km, 300 calorias e segundo a minha app Nike+ Running, faltam apenas 59,6km para o próximo nível, verde aqui vou eu. 

0 queijinhos:

Tudo na ponta dos dedos...

13:52 A papaqueijo 0 Comments

Começou pelas californianas, a ponta dos cabelos de uma cor diferente, até se ter espalhado à ponta dos pés. A moda que chegou para ficar é o das sabrinas com ponta de cor diferente. 


(modelito de uma amiga minha: Catarina Martins de visita obrigatória)


Também a Jessica Simpson, não lhe quis ficar atrás.

0 queijinhos:

Nem tanto ao mar nem tanto à serra!

09:27 A papaqueijo 1 Comments

Foi um jantar que começou antes do Preço Certo ter início na RTP, pelo que tinha tudo para correr bem. Foi cedinho, pois afinal de contas, o peixe era para ser comido cru e a noite prometia ser longa. 

Como sempre, trazíamos os bolsos cheios de histórias para partilhar, mesmo que sacadas a saca-rolhas, histórias são coisas para não faltar em jantares deste gabarito. Não tínhamos nada para comemorar, mas tínhamos tudo, as parvoíces de um grupo de amigas que e feitas bem as contas, já se conhecem e convivem vai lá a mais de 12 anos. 

Ora depois das contas feitas, tanto ano juntas e a dar-nos bem, com a sensação de que o primeiro dia foi apenas na semana passada, juntando ainda perspectivas de mais 12 e 12 e outros 12 anos assim, no convívio e disparate gratuito, a preocupação desceu em nós e concluímos que seria altura ideal de fazer um PPR, pois precisamos de ter dinheiro para pagar as mensalidades do lar. Da mesma forma que, precisamos de rapidamente levantar os ingressos para as listas de espera, sim que isto, de quer envelhecer no aconchegos de um lar, está pelas horas da amargura e os bons têm listas de espera que vão para além da esperança média de vida. E como o objectivo é continuar a realizar jantares destes, juntas, precisamos de assegurar que estamos todas no mesmo lar. 

Enquanto não jantamos de manta nas pernas e comida passada, vamos fazendo coisas iguais a estas, e recolhendo fontes para mais tarde recordar:

1 queijinhos:

I'm sorry!

18:28 A papaqueijo 0 Comments

Caros leitores fofinhos e assíduos deste blog, 

Venho por este meio informar que me irei ausentar por tempo indeterminado. Se porventura demorar ou não voltar, a culpa será exclusivamente ao jantar de sushi que terei daqui à pouco. Tenciono agarrar-me com unhas e dentes aos pauzinhos e só acabar assim que estiver apta para rebolar [chama-se matar a barriga de misérias]. No entretanto, estarão comigo as minhas amigas, prometo reservar alguns instantes para lhes dar alguma atenção, nomeadamente nos momentos em que me encontrar a mastigar, não descurando nunca, como é obvio, o prato de sushi. É possível que elas tenham histórias e muitas coisas para contar, mas eu terei sushi à minha frente, pelo que será uma partilha equilibrada, com certeza. 


Assim sendo, até então.

0 queijinhos:

Em jeito de desabafo...

13:08 A papaqueijo 0 Comments

Na perspectiva de um estudante, Agosto é como um Domingo, a seguir vem uma segunda-feira que é como quem diz, Setembro. 

0 queijinhos:

Mas que bico-de-obra #7

12:48 A papaqueijo 0 Comments






@ Carrilho da GraçaHouse in Évora


Diz que é casinha para ter ficado aos donos por 300.000,00€. Falta-me saber se é já com ou sem piscina. 

0 queijinhos:

Em dia de jantar de gajas boas

09:09 A papaqueijo 0 Comments

Nada como começar o dia, com um lema a altura.


0 queijinhos:

Nem só da Irina desfila a Rússia

23:11 A papaqueijo 0 Comments

Natalia Vadianova - 31 anos (1,76m)

Anna Selezneva - 23 anos (1,77m)


Masha Novoselova - 28 anos (1,75m)


Natasha Poly - 28 anos (1,78m)


Sasha Pivovarova - 28 anos (1,78m)


Regina Feoktistova - 24 anos (1,77m)


Valentina Zelyaeva - 30 anos (1,77m)


0 queijinhos:

Deveria ser lei!

20:56 A papaqueijo 0 Comments


0 queijinhos:

E se em vez de perderem tempo, não fossem amigos dele?

13:12 A papaqueijo 1 Comments

Felizmente tenho má memória, pelo menos para estas coisas, agradeço e muito a minha constante amnésia e ausência de RAM, pois não me consigo recordar se votei no Cavaco Silva, para presidente, aliás, nem sei se fui votar (coisa de que não me orgulho), mas que não gosto do homem, isso não gosto, pronto não gosto. Também não gosto de cebolas e insectos em geral. 

Mas daí a implicar com tudo o que ele faz ou não faz, diz ou veste, passa de implicância a ridículo, mais ainda quando as criticas recaem para formas de estar no facebook. [Hello, gente, o facebook é uma rede social. Não é a bíblia da vida]. Soa-me a uma infantilidade tal que só por causa disso, recuso-me a navegar nessa rede social, para aí por um dia inteiro. 

A única razão lógica (se é que existe) é a necessidade insaciável que este país têm de notícias, isso ou precisa de um choque de mentalidades. 

- Ai e tal, o presidente apresentou condolências à família do António Borges e não apresentou à família dos bombeiros. 
- Ah mas olha que o presidente fez-se prenunciar diretamente aos comandantes de cada um dos corporações de bombeiros que sofreram diretamente com as perdas.
- Ah e tal, mas não publicou no facebook. 




E é isto. Juntamente com manifestações de protesto e descontentamento, pela ausência de um tal post do senhor de idade, sobre o assunto.


1 queijinhos:

E para carregar energias...

09:43 A papaqueijo 0 Comments


... e afastar com isso a molenguice tão comum das segundas-feiras, até porque ao final do dia será necessário muita e da boa, energia para a corrida de inicio de semana.  



O vídeo que dá inicio às comemorações dos 25 anos da Nike. Segundo a marca, "Possibilities", como titulo, porque pretendem assim, celebrar todos os atletas e entusiastas que se entregam ao desporto sem erguer barreiras ou limitar possibilidades. Portanto, um bocadinho de todos nós.

0 queijinhos:

O dia começa assim....

09:01 A papaqueijo 0 Comments


Mas tem de acabar assim:
Boa segunda-feira.

0 queijinhos:

Chamado: docinho de miúda!

22:18 A papaqueijo 0 Comments






(E por falar em coisas russas)

Já não chegava ser boa, boa no ténis  a Maria agora quer ser um docinho e andar na boca do mundo. 
Já a pensar na carreia pós-courts, a Sharapova lança uma linha de doces e acessórios. Pelo que vi, e foi pouco, se eu fosse a ela, ficava-me pelos doces, é que de acessórios propriamente ditos, Sharapova, amiga, está fraquinho. 

0 queijinhos:

E porque amanhã já é segunda-feira outra vez...

22:15 A papaqueijo 0 Comments
















Só mesmo bebendo para esquecer.... Que tal uma vodka de oxicoco?


0 queijinhos:

Almoço de domingo...

14:29 A papaqueijo 0 Comments

... Only us. Para isso, temos tomate recheados, como prato principal, antes mesmo foi paté, miolo de camarão e salada, tudo atirar para o saudavelzinho que isto de calor não permite mais. E pronto, assim começa mais um domingo. 


Depois das iguarias saboreadas  foi atirar-nos com toda a sede para a cama e de lá só levantar o rabo à hora de partir para o aeroporto. Afinal, isto é que é fim-de-semana, certo?

0 queijinhos:

A vista da invicta

02:31 A papaqueijo 0 Comments

Que a cidade é lindíssima, já ninguém contesta, desde os nova iorquinos até aos marroquinos, é ponto assente, o Porto é uma cidade maravilhosa (sem qualquer analogia ao Rio de Janeiro), o Porto é uma cidade luz (sem ofender Paris), o Porto é uma cidade simplesmente segura e principalmente de bom garfo. 

Eu que o diga, mas mais que bom garfo, que o é, o Porto destaca-se por ser uma cidade de bom "copo". Beber no Porto é agradável e cada vez mais, é mais fácil encontrar locais apetecíveis para degustar o que de melhor as vinhas de Portugal, têm para nos oferecer, não que a SuperBock não consuma dos melhores cereais que em Portugal se faz, mas uva é uva e milho é milho, entre estas duas, que venha a primeira. 

É dispendioso, sim, mas tudo tem um preço, o Porto Palácio VIP Lounge, é um espaço obrigatório no roteiro dos "tascos", têm possivelmente uma das melhores vistas sobre a cidade. Aconselho vivamente a que a ingressão ao 18º andar deste hotel, seja feita num raro mês como é o caso de Agosto, em que é possível estar de manga cabeada e mini-saia, sem com isso, petrificar, na Invicta. 



0 queijinhos:

É mais ou menos isto:

14:01 A papaqueijo 0 Comments



Bom dim-de-semana!

0 queijinhos:

Entrar com o pé direito no fim-de-semana

23:26 A papaqueijo 0 Comments

Diz-se que assim é quando estas rodeado por um bom grupo de amigos e por petiscos que te alimentam mais do que duas francezinhas juntas. 
Quantos aos petiscos apenas tenho a dizer que havia uma tábua de queijo, eu não sei quais eram as outras tapas, mas pela cara de quem também estava na mesa, deviam estar boas. Eu, aleatoriamente, focalizei-me só naquela tábua, e que tábua, assim como na sangria, obviamente. Quanto à sangria, um valente jarro que inicialmente mais parecia sumo de maracujá, com o passar das horas e dos goles, foi-me apercebendo, pelo peso da cabeça, que talvez tivesse uma quantidade considerável de álcool. Nada como a mão do mais-que-tudo para equilibrar, nos momentos pós-jantar.

Por falar no mais-que-tudo, a sangria dele, continua a estar bem lá no topo. Venham mais, para rivalizar.

0 queijinhos:

Mas que bico-de-obra #10

18:21 A papaqueijo 0 Comments







Przemek Kaczkowski and Ola TargonskaHouse in Wroclaw, Poland.


Não gosto de muita coisa, mas gosto de imensos pormenores. Gosto do telhado inclinado e do respectivo efeito na sala. Adoro o efeito continuidade que se vê do portão da garagem e da fachada da casa. Gosto da sensação de estar assente numa plataforma e não de nascer do chão. Adoro a luz natural que imane nas casas de banho. Sou realmente fã das claraboias. 

0 queijinhos:

A sapateira na vida de uma mulher!

13:22 A papaqueijo 0 Comments













Uma das condições exigidas aquando das primeiras reuniões com o arquitecto e constante até ao fim do projeto foi, arrumação, muita arrumação, principalmente para os meus sapatos. Tudo porque eu preciso de espaço para ficarem arrumadinhos e lindinhos, sempre prontos para os utilizar (os meus e os dele, que até ver devem rivalizar em número com os meus). 
Na altura, não conhecia esta coleção da Louis Vuitton, e que mais adianto, me deixou derretida, é bem verdade. Mas no meu subconsciente, quis sempre um lugar para eles, é obvio que não os vou ter, porque apenas são um pouco dispendiosos, mas apenas isso, dispendiosos, porque por falta de espaço, não será certamente.

Da escolha da Louis Vuitton, apenas e só uma critica. Porque a Dree Hemingway, como modelo? Ela calça bem, que calça, mas havia carinha melhor, isso havia... E calçar por calçar, até eu calço.


0 queijinhos: